Buscar

Nano Drops - Você Conhece a História da Nanotecnologia


Podemos considerar que a nanociência é objeto de estudo desde Demócrito (século V a.C.) quando os cientistas consideraram que a matéria poderia ser infinitamente dividida em partículas menores.

Durante os séculos XIII a XVIII, otomanos já usavam a nanotecnologia, sem entender do que se tratava, para produzir lâminas de sabres de “Damasco” que fossem resistentes e afiadas. Os italianos também já utilizavam nanopartículas na criação de cerâmica renascentista durante o século XVI.

O conceito de nanotecnologia foi proposto inicialmente em 1959 pelo físico Richard Feynman, considerado hoje o pai da nanotecnologia. Posteriormente, o cientista japonês Norio Taniguchi, em 1974, definiu a nanotecnologia como sendo o processo de separação, consolidação e deformação de materiais por um átomo ou uma molécula.

Em 1981 os físicos Gerd Binnig e Heinrich Rohrer inventaram o Microscópio de Corrente de Tunelamento (Scanning Tunneling Microscope - STM), que permite obter imagens a nível atômico e molecular. A invenção do STM ainda levou ao desenvolvimento de mais dois microscópios que são usados até hoje na nanociência, o microscópio de força atômica (AFM) e o microscópio de varredura por sonda (SPM).


A nanotecnologia é a ciência que controla materiais em escala nanométrica (10^-9 metros) e é aplicada em diversas áreas, desde a computação à cosmetologia. Para você compreender a dimensão, um fio de cabelo, por exemplo, tem em média 80.000 a 100.000 nanômetros.

Créditos: Elysa B. de O. Damas e Manuella P. B. Martins (Elaboração do conteúdo); Fernanda A. Silvestre (Elaboração do design dos cards); Alicia S. Ombredane, Marcella L. B. Carneiro e Graziella A. Joanitti (coordinadoras de conteúdo e produção dos cards).


#nano #LCBNano #UnB #biotec #biotecnologia #Nanociencia #Nanobiotecnologia #Drops #NanoDrops